Pizza Hut Franchise pede falência por causa do coronavírus

Um representante da empresa dona dessas marcas disse que a falência do NPC é uma oportunidade de melhoria.

Mais uma franquia se declara falida por causa do coronavírus. Desta vez foi a NPC International, que decidiu aproveitar o Capítulo 11 da lei de falências e deve renegociar sua responsabilidade, por isso decidiu pedir falência.

A empresa, que emprega cerca de 40 mil pessoas em suas franquias,iniciará um processo de reestruturação de dívidas para convocar seus credores, renegociar sua dívida e reorganizar seu modelo de negócios.

Por meio de um comunicado, um porta-voz da Pizza Hut observou que “à medida que o NPC trabalha através desse processo, apoiamos uma organização com um nível de dívida menor e mais sustentável, uma abordagem proprietária da excelência operacional e um maior nível de investimento em restaurantes”.

A NPC possui mais de 1.200 restaurantes Pizza Hut e 385 locais da Wendy’s Co., e embora os restaurantes estejam tendo vendas em casa, eles não têm renda suficiente para pagar o número de funcionários que atualmente trabalham na franquia.

“Embora a introdução do Capítulo 11 fosse esperada, vemos como uma oportunidade para criar um futuro melhor para os restaurantes Pizza Hut da NPC”, acrescentou o porta-voz da marca.

O objetivo da empresa é reduzir sua dívida e encontrar uma injeção de capital, de modo que a venda e alguns de seus estabelecimentos, que têm presença em 27 estados americanos, não são negligenciados.

Deve-se notar que a NPC International é o maior franqueado de qualquer conceito de restaurante nos Estados Unidos, com sede em Leawood, Kansas. A empresa tem sido a espinha dorsal da comunidade de franquias da Pizza Hut.

Escreva aqui seu comentário

Tesla ultrapassa a Toyota e se torna a montadora mais valiosa do mundo
Xtygmax: Curiosidade sobre o MC Xtygmax