Família do Pablo Escobar processa 2 Chainz em valor milionário por nome de rede de restaurantes do rapper

Tendo as duas unidades do seu restaurante Escobar Restaurant and Tapas em Atlanta passando por período de dificuldade nesse momento de confinamento social em decorrência da pandemia do coronavírus, 2 Chainz agora enfrenta uma nova dor de cabeça com eles. Segundo relatório do TMZ, a família do Pablo Escobar, responsável pela marca Escobar Inc., entrou com uma grande ação contra o rapper por conta dos estabelecimentos.

Acusando-o de violar lei federal com uso não autorizado do nome e aparência do Escobar, a Escobar Inc. está processando o rapper em busca de ao menos 10 milhões de dólares. De acordo com documentos obtidos pelo portal, a empresa está irritada com 2 Chainz usar o sobrenome da família em seus famosos restaurantes, que contam com uma linha de roupas, website, e páginas em redes sociais.

Exigindo ao menos um valor de 8 dígitos, além de uma liminar que impede o uso do nome nos restaurantes, a família de Pablo acusa 2 Chainz de usar o nome “Escobar” para gerar tráfego online e vendas para seu restaurante, mencionando a presença de uma pintura com aparência do finado traficante em um dos restaurantes, além do prato “Bolinho de Caranguejo Escobar” no menu da rede.

Até o momento, 2 Chainz e seus representantes não se pronunciaram sobre o assunto.

Escreva aqui seu comentário

Akon lança videoclipe de “Solo Tu” com Farruko
Música inédita do Busta Rhymes com Drake e batida do J. Dilla surge na internet