EUA pode tirar visto de estudantes chineses por ‘espionagem’

Os Estados Unidos planejam implementar medidas contra suposta espionagem de estudantes chineses.

A informação foi divulgada pelo secretário de Estado, Mike Pompeo, nesta quinta-feira (29). Ao ser questionado pela Fox News sobre a possibilidade de expulsar milhares de estudantes de pós-graduação do país, Pompeo afirmou que eles “não deveriam estar espionando” nas escolas norte-americanas.

Devido às tensões crescentes entre Washington e Pequim, Donald Trump decidiu marcar uma entrevista coletiva. Segundo a revista Valor, o pronunciamento estava previsto para às 15h da sexta-feira (29). Em uma conversa com jornalistas, Trump não entrou em detalhes sobre as pautas que seriam abordadas, mas disse: “Não estamos contentes com a China”.

No entanto, se o presidente decidir expulsar os estudantes, é provável que ele receba muitas críticas das universidades norte-americanas — já que essas instituições dependem cada vez mais de matrículas estrangeiras.

Escreva aqui seu comentário

Trump conversou com família de afro-americano morto pela polícia
Floyd não morreu da asfixia pelo policial. Veja o que revelou a autópsia