Liryku Supremo: “Com o seu mais recente single SKIT VAN DARKEN ataca novamente o organismo politico (Review)

Ouvido pela nossa editoria, Liryku Supremo considera que Com o seu mais recente single SKIT VAN DARKEN ataca novamente o organismo politico e todos os seus constituintes. Com rimas de contra ofensiva, veiculadas sob uma sonorização apocalíptica que lhe encaminham para um transe, onde como o próprio skit descreve “forçando-lhe a uma hipnose maquiavélica que na qual o mesmo profana o circulo politico´´.

A musica tem um titulo polémico e faz-me lembrar 3 musicas de 3 grandes ícones do rap lusófono, seriam eles : O Tô Feliz matei o presidente de Gabriel O Pensador, Invasão a Casa Branca de Valete/Fim da Ditadura e o mais recente Sequestrei o Presidente de Azagaia, com isso a musica automaticamente activa a curiosidade de qualquer um.

Sem mais semelhanças com as musicas citadas, o SE EU MATAR O PRESIDENTE traz uma narrativa absolutamente caótica levando o consumidor a provar um pouco do ódio e da revolta do artista, enquanto SKIT VAN DARKEN agarrado a mendicidade rima sobre o caos, a insatisfação e aponta a sua visão de solução para o que ele classifica de miséria congénita, o telespectador é igualmente bombardeado com imagens designadas como: When Protesters strike back onde confrontos físicos entre as forças da autoridade e cidadãos civis de uma certa parte do ocidente, (Europa penso eu ) atinge o mais alto nível de tensão social.

Com um tom de voz que denota convicção, a ideologia é disseminada sob um esquema de rimas básico, organizado em dois versos separados apenas por um coro que é o pico mais alto da musica no que toca a tonalidade da voz e do instrumental.

A instrumentalização tem o sample orquestral como base e introduz-nos uma atmosfera dinâmica e de suspense. Os Drums parecem passar despercebidos na produção, encontrando-se algures entre a melodia e o dropping do MC que ao meu ver belisca a qualidade técnica do Instrumental e impede uma maior imersão do ouvinte.

Com isso SKIT nos proporciona uma antevisão do seu proximo EP intitulado Extrema Direita. Aguardemos.

Nenhum comentário

Deixar uma resposta